foco webcam
arrabida bridge porto webcam
matosinhos beach webcam
webcam off
your webcam
Cora Piantoni Residency

Songs of work, 2014

Video with sound (monitor)

Video without sound (projection)

Project developed in artistic residence between September – October 2014 at Cooperativa dos Pedreiros (Head office, School and Factory)


“The Stonemason Cooperative interests me as a working space, but also as a social one. I usually develop my films on the basis of interviews together with moving images and re-enactments of past events. In Porto, I would like to continue to research about worker’s communities, but concentrate on the image of the worker and the sound of the work, the worker’s traditional songs and the sound of the working process. To discuss the meaning and value of labour today through sound and music would be the starting point of my project. Do the traditional songs still exist which reflect the monotony of the work, but also help to perform it? The research about the worker’s songs and the discussion with the stone workers about their importance today will be part of the project. If they are still singing the songs or in what other way sound / rhythm / music plays a role in their work and how it can be transformed into a film. Besides the workers, I am interested in the background and culture of the students of the school which is now located in the building of the cooperative. I would like to connect the young generation of the students with the older generation of the workers who are working at the factory and are aware of the history.” C.P.



Canções de Trabalho, 2014

Vídeo com som (monitor)

Vídeo sem som (projecção)

Projeto desenvolvido em residência entre Setembro – Outubro de 2014 na Cooperativa dos Pedreiros (Sede, Escola e Fábrica)


“A Cooperativa dos Pedreiros interessa-me não só como um espaço de trabalho, mas também como um espaço social. Costumo desenvolver os meus filmes com base em entrevistas, juntamente com imagens em movimento e encenações de eventos passados. No Porto, gostaria de continuar a minha investigação sobre as comunidades proletárias, mas centrar-me na imagem do trabalhador e no som da obra, nas suas músicas tradicionais e no som do processo de trabalho. Discutir o sentido e o valor do trabalho de hoje através do som e da música seria o ponto de partida do meu projeto. Será que ainda existem canções tradicionais que reflitam a monotonia do trabalho mas também ajudem à sua rea-lização? A investigação sobre as músicas do proletariado e a discussão com os trabalhadores da pedra sobre a sua importância serão hoje parte integrante do projeto. Se ainda cantam as canções ou de que outra maneira o som / ritmo / música desempenham um papel no seu trabalho e como é que este poderá ser transformado num filme. Além dos trabalhadores, estou interessada nos antecedentes e cultura dos alunos da escola, que agora funciona no prédio da cooperativa. Gostaria de interligar a nova geração de alunos com a geração mais velha de trabalhadores que estão a trabalhar na fábrica, conscientes da história.” C.P.



Cora Piantoni (Germany, 1975), graduated from the Academy of Fine Arts in Munich and the University of Art and Design in Zurich where she lives and works. She is an artist, photographer and filmmaker, working with storytelling and re-enactment. In extensive researches, she focuses on the end of the Cold War and the political changes in Eastern Europe. She is interested in political situations and their effect on people’s everyday life, on survival strategies and resistance movements. She has exhibited her work in solo and group shows internationally, in Poland, Czech Republic, Sweden, Germany, Holland and Switzerland. In 2004 she was awarded the Bavarian State Sponsorship Award for Photography and in 2010 the HWP-Grant by the Bavarian Ministry for Research and Art and was as artist in residence in Klenová/CZ, Dresden and at Wyspa Institue of Art in Gdansk/PL. 


Cora Piantoni (Alemanha, 1975) formou-se na Academia de Belas Artes de Munique e na Universidade de Arte e Design, em Zurique, onde vive e trabalha. É uma artista, fotógrafa e cineasta que trabalha com narração e encenação. Em investigação profunda, centra-se no final da Guerra Fria e nas mudanças políticas ocorridas na Europa de Leste. Interessa-se por situações políticas e os seus efeitos na vida quotidiana das pessoas, nas estratégias de sobrevivência e nos movimentos de resistência. Já expôs o seu trabalho em exposições individuais e coletivas a nível internacional, na Polónia, República Checa, Suécia, Alemanha, Holanda e Suíça. Em 2004, foi agraciada com o Prémio de Patrocínio do Estado da Baviera para Fotografia e, em 2010, com a Bolsa HWP do Ministério Bávaro para a Investigação e Arte e artista residente em Klenová/CZ, Dresden e no Wyspa Institue of Art em Gdansk/PL. 


www.piantoni.de