foco webcam
arrabida bridge porto webcam
matosinhos beach webcam
webcam off
your webcam
Iztok Kovac Residency


Dignos Consócios, 2014

Video with sound (HD)

Developed in artistic residence in colaboration with João Luz, film director 


“Since our previous art films (1995 – 2014) were always shot in abandoned industrial settings of my birth town I learned how much the rural environment can stimulate and influence artists (in our case dancers) to re-create their existing works within the new environment. So, I came to an idea to involve in my presentation some existing works from Oporto artistic community, to play the role of «mediator», rather (but also!) to just expose myself as an artist. To create and atmosphere within the local participants to meet, share and eventually evaluate in the new relationships. We would try to involve two or three existing art groups of experienced artists or maybe young people studying dance, music, film, visual arts, poetry…, who have a wish and capacity to perform, offering them to explore hangar of Cooperativa with me.” I.K.



Dignos Consócios, 2014 

Vídeo com som (HD)

Desenvolvido em residência artística com colaboração do realizador João Luz


“Uma vez que os nossos filmes artísticos anteriores (1995 – 2014) foram sempre filmados em ambientes industriais abandonados da minha cidade natal, aprendi o quanto o ambiente industrial pode estimular e influenciar os artistas (no nosso caso, bailarinos) ao recriar as suas obras no contexto de um novo ambiente. Então, concebi a ideia de envolver na minha apresentação algumas obras já existentes da comunidade artística portuense, de modo a desempenhar o papel de «mediador», em vez de (mas também!) apenas me expor como artista. Criar uma atmosfera no seio dos participantes locais para que conheçam, compartilhem e, eventualmente, avaliem no contexto destes novos relacionamentos. A nossa intenção foi envolver dois ou três grupos artísticos já existentes de artistas experientes ou talvez de pessoas jovens que estudem dança, música, cinema, artes visuais, poesia…, que tenham vontade e capacidade para realizar um filme, proporcionando-lhes a exploração do hangar da Cooperativa juntamente comigo.” I.K.



Collective reenactment of the stone workshop (work in progress), 2014

Video without sound

Project developed in artistic residence in September – October 2014 with one participant group.


“Since our previous art films (1995 – 2014) were always shot in abandoned industrial settings of my birth town I learned how much the rural environment can stimulate and influence artists (in our case dancers) to re-create their existing works within the new environment. So, I came to an idea to involve in my presentation some existing works from Oporto artistic community, to play the role of «mediator», rather (but also!) to just expose myself as an artist. To create and atmosphere within the local participants to meet, share and eventually evaluate in the new relationships. We would try to involve two or three existing art groups of experienced artists or maybe young people studying dance, music, film, visual arts, poetry…, who have a wish and capacity to perform, offering them to explore hangar of Cooperativa with me.” I.K.



Encenação coletiva da oficina (processo), 2014

Vídeo sem som

Projeto desenvolvido em residência artística em Setembro – Outubro de 2014 com um grupo de participantes


“Uma vez que os nossos filmes artísticos anteriores (1995 – 2014) foram sempre filmados em ambientes industriais abandonados da minha cidade natal, aprendi o quanto o ambiente industrial pode estimular e influenciar os artistas (no nosso caso, bailarinos) ao recriar as suas obras no contexto de um novo ambiente. Então, concebi a ideia de envolver na minha apresentação algumas obras já existentes da comunidade artística portuense, de modo a desempenhar o papel de «mediador», em vez de (mas também!) apenas me expor como artista. Criar uma atmosfera no seio dos participantes locais para que conheçam, compartilhem e, eventualmente, avaliem no contexto destes novos relacionamentos. A nossa intenção foi envolver dois ou três grupos artísticos já existentes de artistas experientes ou talvez de pessoas jovens que estudem dança, música, cinema, artes visuais, poesia…, que tenham vontade e capacidade para realizar um filme, proporcionando-lhes a exploração do hangar da Cooperativa juntamente comigo.” I.K.



Iztok Kovac (Slovenia), choreographer, teacher and dancer, established in the 90’s the notion of the Slovene contemporary dance in the cultural space of Europe and beyond. In 1993 he established the international dance company En-Knap in Leuven, Belgium, under the wings of Klapstuk Festival; a year later the group moved its headquarters to Ljubljana, where he established EN-KNAP Productions. After 14 years of project-based work, in 2007 Kovac founded the international dance company EnKnapGroup. 

EN-KNAP Productions was entrusted the management of the Španski Borci Cultural Centre in Ljubljana, where Iztok Kovac is the artistic director, and programmer of the domestic and international program. 


Iztok Kovac (Eslovénia), coreógrafo, professor e bailarino,estabeleceu, na década de 90, a noção de dança contemporânea eslovena no âmbito do espaço cultural europeu e além-fronteiras. Em 1993, fundou a companhia de dança internacional En-Knap, em Leuven, na Bélgica, com o apoio de Klapstuk Festival; um ano depois, o grupo transferiu a sua sede para Ljubljana, onde estabeleceu a EN-KNAP Productions. Após 14 anos de um trabalho com base em projeto, em 2007, Kovac fundou a companhia de dança internacional EnKnapGroup. Foi confiada à EN-KNAP Productions a gestão do Centro Cultural Španski Borci, em Ljubljana, onde Iztok Kovac é o diretor artístico e responsável pelo programa nacional e internacional.


www.en-knap.com